sexta-feira, 24 de junho de 2011

REUNIÃO BANCO ITAÚ - CARTÃO BNL CARD DESCONTO EM FOLHA

CAROS ASSOCIADOS E DEMAIS SERVIDORES ESTADUAIS

NO ÚLTIMO DIA 22 DE JUNHO DE 2011

PARTICIPAMOS DE UMA REUNIÃO COM OS GESTORES EXECUTIVOS DO BANCO ITAÚ E DEMAIS ENTIDADES REPRESENTATIVAS DO PODER PÚBLICO.

DURANTE A REUNIÃO OS GESTORES DO BANCO ITAÚ DE SÃO PAULO RESPONSÁVEIS PELA CARTEIRA DO CARTÃO   BNL CARD/DESCONTO EM FOLHA.

APRESENTARAM A PROPOSTA EM QUE OS SERVIDORES ESTADUAIS BUSCASSEM O PORTAL DO SERVIDOR E ATRAVÉS DO PECONSIG SERIA OFERTADA PELOS BANCOS: ITAÚ, BMG E CRUZEIRO DO SUL SIMULADOS PARA O PAGAMENTO DA DÍVIDA ATUALIZADA VISANDO UMA NEGOCIAÇÃO DIRETAMENTE NO SITE EM COMENTO, COM REDUÇÃO DOS JUROS DE 5,5% PARA 3,5% ATÉ 1% CONFORME AVALIAÇÃO DE CADA.


ASSOCIADOS E DEMAIS SERVIDORES É NOTÓRIO QUE A PROPOSTA OFERECIDA NÃO SATISFAZ, PELO FATO DO SERVIDOR ENDIVIDADO, RENEGOCIAR UMA DÍVIDA COM O VALOR ATUALIZADO E SENDO PARCELADA COM JUROS.


A OFERTA DO BANCO ITAÚ TAMBÉM SERÁ OFERECIDA PELOS BANCOS BMG E CRUZEIRO DO SUL QUE TIVERAM, DIAS ANTES, REUNIÃO COM O GOVERNO DO ESTADO, ONDE DISPONIBILIZOU O SITE DO PECONSIG PARA QUE CADA SERVIDOR BUSCASSE UM ACORDO COM OS BANCOS EM QUESTÃO E RENEGOCIASSE A SUA DÍVIDA.

FICA CRISTALIZADO QUE OS SERVIDORES ESTÃO SENDO TRATADOS DE MANEIRA IGUALITÁRIA, MAS SABEMOS QUE O SERVIDOR ENDIVIDADO DEVERÁ SER TRATADO INDIVIDUALMENTE, BUSCANDO UMA SOLUÇÃO JUSTA DA DÍVIDA, OU SEJA, QUE OS BANCOS ITAÚ, BMG E CRUZEIRO ENTENDAM QUE A DISPONIBILIDADE DE UM ACORDO COM O MESMO PERFIL IGUALITÁRIO NÃO É A SOLUÇÃO JUSTA, SIMPLESMENTE LANÇANDO VALORES JÁ PRÉ-ESTABELECIDOS PELOS BANCOS E NÃO DEIXANDO QUALQUER POSSIBILIDADE DE UMA CONTRAPROPOSTA DO SERVIDOR QUE TERÁ QUE ACEITAR TACITAMENTE  OS ACORDOS OFERTADOS NO SIMULADO NO PORTAL DO SERVIDOR ATRAVÉS DO PECONSIG, QUE AOS OLHOS DO BANCO É O MAIS ACERTADO.

A COORDENAÇÃO JURÍDICA DA ADEMPOL NÃO ACEITA TAL PROPOSTA, EM RAZÃO DO CONVENCIMENTO JURÍDICO QUE O SERVIDOR, DURANTE OS ÚLTIMOS LONGOS ANOS, PAGOU AOS BANCOS: ITAÚ, BMG E CRUZEIRO DO SUL VALORES SIGNIFICATIVOS, MESMO SENDO DO DESCONTO EM FOLHA, SIMPLESMENTE. 


IREMOS CONTINUAR COM OS PROCEDIMENTOS VISANDO UM ACORDO MAIS SATISFATÓRIO PARA CADA SERVIDOR ENDIVIDADO E  LEVANDO AOS BANCOS EM TELA O ENTENDIMENTO QUE OS SERVIDORES JÁ PAGARAM VALORES REAIS E QUE MERECEM UM TRATAMENTO MAIS RESPEITOSO, COM A REDUÇÃO DOS JUROS E A CONCRETIZAÇÃO DE UM ACORDO MAIS EQUILIBRADO ENTRE O CONSUMIDOR E O FORNECEDOR.

ESCLARECEMOS AINDA, QUE A COORDENAÇÃO JURÍDICA DA ADEMPOL CONTINUARÁ FIRME E FORTE COM O DIRECIONAMENTO REAL E A CURTO PRAZO DE UMA SOLUÇÃO DEFINITIVA E RACIONAL DESTA DÍVIDA INFINITA, EM RAZÃO DO RETORNO DO DESCONTO EM FOLHA QUE TANTO ASSOMBRA E INQUIETA AOS ENDIVIDADOS.

ESPERAMOS QUE O GOVERNO DO ESTADO VOLTE A CONVERSAR COM OS BANCOS ITAÚ, BMG E CRUZEIRO DO SUL E ENCONTRE OUTRA SOLUÇÃO O MAIS RÁPIDO POSSÍVEL, QUE NÃO SACRIFIQUE TANTO A SAÚDE FINANCEIRA DO SERVIDOR, LEVANDO PARA A REDUÇÃO DA DÍVIDA COM JUROS MAIS AGRESSIVOS E A POSSIBILIDADE REAL QUE CADA SERVIDOR ENDIVIDADO RECEBA DOS BANCOS UMA PROPOSTA JUSTA, OBSERVANDO CADA SITUAÇÃO E AFASTANDO DEFINITIVAMENTE AS DEMANDAS JUDICIAIS, PELO FATO DE TAIS SERVIDORES SENTIREM-SE ORFÃOS DOS SEUS DIREITOS CONSUMEIRISTAS.

ASSOCIADOS E DEMAIS SERVIDORES, CONTINUAREMOS COM OS PROCEDIMENTOS QUE ATÉ A DATA PRESENTE LEVARAM A CENTENAS DE SERVIDORES O CANCELAMENTO DO CARTÃO, O ENCERRAMENTO DO DESCONTO EM FOLHA E A QUITAÇÃO DA DÍVIDA.

ACREDITAMOS QUE OS GESTORES DO BANCOS  ITAÚ, BMG E CRUZEIRO DO SUL IRÃO PERCEBER QUE A MELHOR POLÍTICA A SER LANÇADA PARA ESTA CARTEIRA SERÁ A APLICAÇÃO DA REDUÇÃO DOS JUROS E A POSSIBILIDADE DE UM ACORDO SATISFATÓRIO AOS PRINCIPAIS ATORES DESTA AGONIA FINANCEIRA, OS SERVIDORES E A INSTITUIÇÃO DO BANCO ITAÚ.

É FUNDAMENTAL A INTELIGÊNCIA SOBRE A DISCUSSÃO DA DÍVIDA ENTRE OS BANCOS E OS SERVIDORES ENDIVIDADOS, ALINHADA COM A CONCRETIZAÇÃO DA QUITAÇÃO SEM O PESO DA BALANÇA PARA O LADO MAIS CRUEL QUE É O DO FORNECEDOR QUE POSSUE TODA A ESTRUTURA JURÍDICA E O PODER ECONÔMICO SUBJUGANDO O CONSUMIDOR QUE FICA REFÉM DESTA ARMADILHA FINANCEIRA.

A COORDENAÇÃO DA ADEMPOL ESTÁ ABERTA PARA O DIÁLOGO COM OS BANCOS ENVOLVIDOS, MAS QUE TRAGAM SOLUÇÕES CONCRETAS E QUE NÃO DESMEREÇAM A INTELIGÊNCIA DOS SERVIDORES, OS QUAIS MERECEM RESPEITO.

FICA UMA REFLEXÃO:

OS SERVIDORES, HOJE ENDIVIDADOS, ANTERIORMENTE,  PROCURARAM TAIS INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS (BANCO DIBENS, ATUAL ITAÚ; BANCO BMG E BANCO CRUZEIRO DO SUL) ACREDITANDO QUE AO EFETIVAREM OS EMPRÉSTIMOS SERIA A SUA SALVAÇÃO FINANCEIRA.

PELO CONTRÁRIO, OS SEUS HERÓIS FINANCEIROS SUPRACITADOS, QUE OS TRATARAM COM TANTA CORTESIA PELO TELEFONE E PESSOALMENTE, COM RAPIDEZ E, PRINCIPALMENTE, COM SOLUÇÕES IRRRESISTIVEIS PARA O RETORNO DE SUA SAÚDE FINANCEIRA.

CLIENTES (SERVIDORES ESTADUAIS) QUE OFERTARAM OS SEUS CONTRACHEQUES PARA QUE OS BANCOS FICASSEM CERTOS DO PAGAMENTO MENSAL SEM QUALQUER RISCO.

ATUALMENTE, TAIS BANCOS, NÃO OFERECEM QUALQUER POSSIBILIDADE SOBRE A REALIZAÇÃO  DE QUALQUER RENEGOCIAÇÃO, FECHANDO OS SEUS OUVIDOS E AS PORTAS AOS SEUS CLIENTES ENDIVIDADOS E OS LEVANDO A RENEGOCIAR UMA DÍVIDA COM VALORES ATUALIZADOS, REVESTIDOS DE JUROS, OU SEJA, MINANDO OS VALORES MAIS SAGRADOS DE UM TRABALHADOR O SEU SALÁRIO JÁ TÃO COMPROMETIDO.



INFELIZMENTE, SEM A MENOR POSSIBILIDADE DE RETORNAREM A SUA DIGNIDADE COMO CIDADÃO DETENTOR SÓ DE DEVERES E NÃO DE DIREITOS. 


LUIZ FRANÇA
PRESIDENTE 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário